Um sonho que se tornou realidade

Um sonho que se tornou realidade

Nossa empresa
Constituída da união de 2 (duas) pessoas com conhecimento de vários anos no ramo de flores, plantas ornamentais e paisagismo surgiu nossa empresa sempre com o foco no cliente atendendo e superando suas expectativas.

Nossos produtos
Somente trabalhamos com plantas e produtos de primeiríssima qualidade, onde freqüentemente são visitados os viveiros de nossos produtores para checarmos em loco a atenção na produção e sanidade das plantas produzidas.


Produção própria
Nosso grande diferencial, é que produzimos vários tipos de flores em vaso e também em bandejas próprias para forração e jardinagem; com isso a grande maioria das flores fornecidas ao cliente, já estão adaptadas ao nosso clima quente e seco.


sábado, 24 de abril de 2010

Torenia


Nome Botanico:Torenia fournieri Linden
Nomes Populares :Amor-perfeito-de-verão, torênia
Família :Angiospermae – Família Plantaginaceae
Origem:Ásia Tropical

Descrição:
Planta herbácea de ciclo curto, com altura em torno de 30 cm, caule ereto e pouco ramificado. As folhas são pequenas, ovais e acuminadas, serrilhadas na borda e delicadas. As flores são tubulares de pétalas arredondadas, onde o tubo é branco com sombra da cor das pétalas, que são em tom mais acentuado em rosa, rosa forte e violeta. Floresce do final da primavera até o verão. Pode ser cultivada em todas as regiões de clima ameno a mais frio.

Modo de Cultivo :
O local de plantio deve receber muito sol, para longa e abundante floração.

Plantio:
Preparar o canteiro retirando inços e plantas fenecidas, adicionando adubo animal de curral bem curtido, incorporando à terra do canteiro, adicionando também composto orgânico de folhas ou adubo organo-mineral que é completo. Nivelar e plantar as mudas, abrindo o buraco do tamanho do torrão, acomodando a muda e arrumando a terra ao redor, apertando de leve. Usar o espa çamento de 20 cm entre plantas e 20 a 30 cm entre linhas. Regar bem após completar o canteiro. Para vasos ou jardineiras plantar a 15 cm para ter um vaso com mais flores. O ciclo da torênia é em torno de 70 dias, assim que será preciso ter novas plantas em fase de plantio ou adquirir novas mudas após este período. Um modo de prolongar a floração de anuais é manter as flores fenecidas sob controle, não permitindo a frutificação. Nesta fase a planta deixa de emitir novas flores para a emissão de frutos e sementes.

Propagação:
Para fazer a propagação da torênia, usar a técnica de sementeiras, preparando o recipiente com terra de cultivo ou composto orgânico e areia, mantendo o substrato úmido até a emergência. Para melhorar a germinação, colocar a embalagem de sementes adquirida na geladeira por uma semana. Semear e regar, cobrindo com plástico até a emergência. Quando tiver 6 folhinhas transplantar para saquinhos se a sementeira não for a comercial de alvéolos. Pode ser semeada todo o ano para regiões de clima ameno.

Paisagismo:
Em paisagismo a torênia pode ser usada em canteiros de anuais da estação, usando as cores de suas flores misturadas ou fazendo manchas de uma cor.

Sua combinação com sálvias azuis é perfeita.
Para canteiros no meio de gramados colocar a sálvia mais no meio ou no fundo do canteiro se este for contra muros.O uso de anuais para alegrar espaços de uso familiar no verão, como áreas de convivência, piscinas e churrasqueiras é um fator a mais de ornamentação. Como seu ciclo é curto e dura a estação de maior uso destes locais, o investimento é viável.

Petúnia


Nome Técnico:Petunia axillaris (Lam.)Britton Stern & Poggenb.
Nomes Populares :Petúnia
Família :Família Solanaceae
Origem: Originária do Brasil e Argentina.

Descrição:
Planta herbácea de longos ramos flexíveis, folhas opostas,ovais e pilosas.
Flores vistosas, tubulares, solitárias ao longo do caule e na ponta dos ramos, nas cores do branco ao púrpura escuro, também bicolores. Tem um ciclo de alguns meses, conforme a região e podem ser cultivadas em qualquer tipo de clima, o ano inteiro.
Modo de Cultivo :
Semeadura em qualquer época do ano, cultivo em local ensolarado e solo de cultivo com composto orgânico e bem drenado. O tamanho do vaso não precisa ser grande, principalmente se for cultivada como pendente. Recomendan-se então que seja de plástico para menor peso e de boca larga, quando poderá colocar mais de uma muda, tornando o vaso mais cheio.

Paisagismo:
Para jardineiras ou vasos pendentes e mesmo em conjunto com outras plantas anuais ou perenes, faz belo efeito ornamental. Uma dica: ao plantar em conjunto com plantas perenes, deixe-a no recipiente original. Quando seu ciclo terminar poderá substitui-la por outra.Na composição de folhagens de cor escura, a colocação de petúnias brancas ou mesmo bicolores de branco e vermelho dá uma nota alegre ao conjunto.
Já com folhagens variegadas ou prateadas, o uso de flores em púrpura ou rosa são de melhor efeito

Crista de Galo


Nome Técnico:Celosia argentea L.
Nomes Populares : Crista de galo, crista plumosa
Família : Família Amaranthaceae
Origem: Originária da Índia.

Descrição:
Planta herbácea de ciclo de verão, caule ereto até 0,60 m de altura, caule suculento e pouco ramificado. Folhas verde claro ou levemente avermelhadas, abundantes e inflorescência em espigas plumosas nas cores cores creme, amarela, laranja,rosa, e púrpura.Floresce na época de final de primavera a final de verão, em climas amenos a quentes, e não tolera temperaturas baixas.

Modo de Cultivo :
A partir de sementes para locais ensolarados e solo preparado com composto orgânico e bem drenado com regas frequentes nos meses de verão.Em locais de clima ameno a tropical pode ser cultivada todo o ano.

Paisagismo:
Muito usada em canteiros grandes de uma só cor ou em manchas coloridas formando desenhos, tem sido uma das preferidas de verão para parques e empresas. Para jardineiras e vasos é uma excelente opção para os meses de verão junto à piscina, pois seu efeito ornamental é muito bom. Para vasos em sacadas recomenda-se a proteção contra os ventos com outras plantas. Faz belo efeito em terminações de vasos de plantas verdes.

Kalanchoe


Nome Técnico:
Kalanchoe Blossfeldiana
Nomes Populares : flor-da-fortuna, calancoe, kalanchoe
Família : Família Crassulaceae
Origem: Originária de Madagascar, cultivada no mundo todo.

Descrição:
Planta herbácea, de caule e folhas suculentas, perene, até 30 cm de altura, sempre florida. Folhas verdes carnuda e suculenta com bordas serrilhadas, ovais e sem pelos. Flores pequenas simples em forma de estrela ou com pétalas dobradas, reunidas em inflorescência densa.

Modo de cultivo :
Desenvolve-se bem ao sol, em solo com adição de composto orgânico e areia, bem drenado. Deve-se cuidar de não regar com frequência esta planta, com risco de apodrecimentos. Pode ser feita propagação por mudas de estacas de ramos ou mesmo das folhas, assim como por sementes.

Paisagismo:
A preferida para enfeitar jardins rochosos, companheira de cactos e outras plantas suculentas pois tem o mesmo substrato de cultivo e exigência sol e de poucas regas.
Em vasos, acompanhando outras plantas, para bordas de canteiros como acabamento ou mesmo formando desenhos com flores de cores diferentes em canteiros é muito apreciada por todos.

Impatiens Walleriana


Nome popular: Impatiens
Nome científico: Impatiens walleriana
Divisão: Angiospermae
Família: Balsaminaceae

Herbácea perene, de consistência suculenta, de florescimento decorativo, de 30-50 cm de altura.As flores são grandes com diversas variedades híbridas que produzem flores de diversas cores.
E cultivada em agrupamentos, jardineiras a pleno sol ou a mei a sombra , com solo rico em matéria orgânica, de boa drenagem e com bastante umidade.É tolerante ao frio.

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Dia das Mães


Dia das Mães
Presenteie com flores e cesta de café da manhã.
Faça já suas encomendas . fone:(62) 3575.6969